• Outdoor

    Pico do Corcovado – Ubatuba

    Visual do cume 1.181m Altitude
    O pico do Corcovado caiçara localizado no Litoral norte paulista na cidade de Ubatuba é um dos mais altos do Litoral Norte.

    Procurado por praticantes Outdoor e aventureiros de plantão que curtem Trilhas & Trekking em geral.

    A montanha tem 1.118 metros acima do nível do mar, situado no bairro do Corcovado sua trilha tem início à 36 metros de altitude, com desnível acumulado de 1115 metros.

    É simples e prático chegar ao bairro Corcovado  fica a esquerda localizada em frente a entrada para praia da fortaleza um bairro de residências temporárias e moradores por sua maioria pequenos sítios e chácaras a propósito é em uma delas que recomendo usar para estacionamento o sitio do Sr. Tosaki onde os veículos ficam seguros e podem passar o dia ou pernoitar no local.

    Curiosidades

    Frei a Ubatuba, dois jovens, Pablo e Juan, filhos de um fidalgo espanhol, resolveram chegar ao topo do Corcovado.
    E, infelizmente, desapareceram na primeira curva do caminho ao amanhecer. O sumiço inquietou os familiares, amigos e demais moradores da vila. Para achá-los, entregaram a busca a um escravo que foi acompanhado por mais cinco homens. Porém, ao começar a subida, o escravo nunca mais foi visto, reza a lenda.


    O QUE SABER ANTES DE IR?!
    O Pico Do Corcovado, faz parte do Parque Estadual da Serra Do Mar. O parque se divide em 10 núcleos, e os que dão acesso ao Pico do Corcovado são: Núcleo Santa Virgínia e o Núcleo Picinguaba. Outro acesso além do tradicional pelo bairro é possível iniciar a trilha pelo Núcleo Santa Virgínia que é considerada a trilha mais “fácill”, mesmo assim é bem pesada com 17 km de extensão, considerada como nível de dificuldade alta!

    A contratação de um guia e o agendamento prévio no Núcleo anta virgínia é indispensável e obrigatória de acordo com as novas regras do parque, dica de APP fácil e prático para agendamento nos parque estaduais da serra do mar só clicar no link e baixe na play store.


    É possível acessar o cume e fazer uma bate volta?! muitos me perguntam
    Na verdade sim mas recomendo iniciar antes do nascer do sol e ter um bom condicionamento físico ultima subida levamos o total de 6 horas sem peso com mochila de ataque em um ritmo intenso e com apenas 40min para descanso no cume conhecendo muito bem a trilha sem perder tempo com paradas e uma boa hidratação no percurso, porém é muito cansativo e pouco proveitoso.


    O trajeto mais recomendável é pernoitar assim é muito mais confortável a subida e você pode aproveitar tanto o pôr quanto o nascer do sol é uma das atrações mais bonitas e com certeza o momento mais esperado pelos montanhistas de plantão, sem contar com aquele visual maravilhoso de toda a bahia de Ubatuba. 

    “cada um tem a vista da montanha que subir “
    Melhores Períodos para visitação

    Embora os passeios guiados de um dia ocorrem todo o ano, mas não é recomendada a realização na época de chuvas e no verão há alta incidência de acidentes com animais peçonhentos na região. Entretanto, se a sua intenção for acampar, os passeios serão conduzidos somente de março a meados setembro.

    O que Levar?!

    Para 1 Dia  bate volta.

    Bermuda ou calça

    Camiseta

    Bota ou tênis de trilha

    Mochila pequena (< 30L)

    Boné/chapéu

    Lanterna (nunca se sabe)

    2 L de água (há diversos pontos no caminho)

    Purificador para água dos rios (Clor-in, Hidrosteril).

    Snacks para trilha

    Protetor solar

    Câmera fotográfica

    Para Camping no cume:
    O mesmo que acima só que com uma mochila maior que 45L e 3L de água. Adicionar:

    Barraca

    Saco de dormir

    Isolante

    Travesseiro inflável

    Segunda pele (camiseta e calça)

    Blusa de fleece. Os mais friorentos podem levar calça de fleece também

    Comida fria (basicamente rap10 e barra de cereal). Poupe peso de panelas. É só uma noite mesmo.

    Por fim divirta-se e em conexão com a natureza aproveitando máximo cada momento único nesse ambiente de beleza abundante, ar puro que a montanha tem a te oferecer.

    Gostou desse conteúdo?
    curte | comenta | ou compartilhe  com os amigos.

  • Outdoor

    Pedra da Macela & Lavandário – Cunha SP

    Um Passeio incrível para desfrutar do Clima agradável de Cunha – Trekking & Flores.

    A Pedra da Macela fica no município de Cunha, é uma pedra de frente pra baía de Paraty, ou seja, tem visão do topo da Serra do Mar para  a baia de Paraty composta por Angra dos Reis e Ilha Grande! Ela é na divisa entre os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro e tem 1840m de altitude, mas com o desnível que você vê tudinho até o nível do mar!

    A subida é puxada de aproximadamente 2 km de trilha  asfaltada porém bastante íngreme mas com certeza vale a pena pelo visual fantástico do cume e seu pôr e nascer do Sol e se você estiver em um dia bom como clima de outono e inverno consegue ver o tão admirável tapete de nuvens um dos momentos mais esperados do trekking.

    Nascer do sol na pedra da macela com tapete de Nuvens

    Como Chegar

    Para chegar até lá, primeiramente, siga até pela Estrada Cunha-Paraty.

    Em uma curva à direita, próximo do km 65, haverá uma placa indicando apenas “Bairro da Macela”. A partir dali serão mais cerca de 4 km.

    É preciso entrar na estrada à esquerda e, depois de 20 minutos, você irá encontrar a entrada para um restaurante e cervejaria. Siga à direita e, logo após a subida do morro, ficará a porteira com o estacionamento onde os carros devem ser deixados, ao passar pelo mata burro dai por diante o acesso ao cume é permitido somente a pé.

    A região pertence ao parque Nacional da Serra da Bocaina.

    Curiosidades

    Porque esse Nome foi dado a montanha?

    Sim, Macela e não Marcela. O nome se deve a grande quantidade de arbustos de macelas. A erva tem propriedades medicinais e flores amarelas perfumadas. Elas são usadas também para o enchimento de almofadas e travesseiros, a florada das macelas acontece entre março e maio, o que deixa o caminho até o topo mais colorido.

    pôr-do-sol

    Subimos para o cume em uma tarde de Outono acampamos antes do pôr-do-sol apesar de estar em uma reserva ambiental é permitido o acampamento no cume desde que seja na área delimitada pelo parque.

    Quando chegamos no cume já havia outra galera acampada, naquele período a área de acampamento não era delimitada permitindo assim mais pessoas no local.

    Observei também muitas pessoas chegando ao cume minutos antes do nascer do sol, já que a estrada é acessível e pode ser percorrida mesmo sem luz do dia, algumas pessoas preferem esta opção do que passar a noite no cume.

    Nossa noite foi uma sala de cinema com Luar e céu estrelado no clima frio de Outono a temperatura cai bastante a noite porém é suportável para época.

    O acampamento foi uma experiência incrível para alguns amigos que levamos de primeira viagem no trekking inclusive essa é uma bela opção de experiência Outdoor para iniciantes.

    Vale a pena lembrar  daquelas regras básicas de preservação ambiental:

    Sentindo o clima da Serra do Mar 

    Do cume as Lavandas

    Cunha também é uma cidade cheia de atrativos. Tem o lavandário, com visitação ao campo de plantação de lavandas . Aqui você pode conhecer um pouco do lavandário.

    Após finalizar nosso Trekking de uma pernoite no cume da Macela seguimos para O lavandário onde conseguimos aproveitar mais uma famosa atração da cidade de cunha.

    Um Lugar especial onde é feito cultivo de lavandas e através dele nasceu a produção de produtos de beleza tipo artesanais além de  chás, bolos  entre outros que se pode aproveitar no espaço, além de fazer fotos Maravilhosas nos campos floridos, a melhor época para visitação é de maio a setembro.

    Campo de lavandas (O Lavandário)

    Super recomendo esse passeio tanto para quem vai optar por acampar ou um bate e volta.

    É simples e  fantástico estar em contato com a natureza absorvendo a paz e o equilíbrio que ela nos transmite entre campos de flores e montanhas sem dúvida um dos melhores lugar para ver o nascer do sol  momentos para ficar na memória com muita saudade foi um prazer compartilhar com meus queridos e chegados amigos do Litoral Norte SP  fora os que acabamos fazendo por lá e renderam mais trilhas e amizades.

    Gostou do texto? 

    Bora interagir! curta comente ou deixe sua dúvida aqui nos cometários!

    grande abraço!

    Eliane Gonsalves

    Cunha - Abril 2017

  • Outdoor

    Trilhas para iniciantes: dicas de destinos para começar a praticar trekking

    Fazer uma trilha é um tipo de exercício muito recomendado para quem quer ter hábitos de vida mais saudáveis.

    O trekking, ou as caminhadas de longa duração, são atividades aeróbicas muito seguras, e por isso podem ser praticadas por qualquer pessoa. E o melhor de tudo: são feitas na Natureza! Por isso, além de ser uma forma muito prazerosa de estar em movimento, também proporciona uma sensação de paz e tranquilidade. Uma ótima escolha não só para a saúde física como também para a mental.

    Se você é iniciante no mundo do trekking, ou pretende começar a praticar mas ainda não sabe muito bem como, veja nossas dicas e entre nessa você também!

    Trekking para iniciantes

    Existem trilhas para todos níveis de dificuldades, desde caminhadas bem leves até grandes expedições. Se você não tem o hábito de caminhar em trilhas, é melhor começar com atividades mais fáceis (conheça aqui diferentes sugestões de roteiros de trilhas para iniciantes da Pisa Trekking)

    Isso significa que é importante escolher uma trilha com pouco desnível altimétrico (ou seja, poucas ladeiras!), e em um terreno pouco acidentado. Ainda não é hora de querer enfrentar longas jornadas, travessias de rios ou lugares muito isolados. Aqui a ideia é curtir a paisagem, fazer um pic-nic e desfrutar deste contato único com a natureza.

    Opções de trilhas para quem quer começar

    O ideal é começar fazendo uma trilha de um dia. São ótimas opções pois você não precisará acampar, nem carregar uma mochila muito pesada. Além disso, nas primeiras trilhas você estará se adaptando a uma nova forma de caminhar. A pisada vai ficando mais firme, e o corpo está se adaptando à situações de maior cansaço. Em outras palavras, é nas primeiras trilhas que você estará se acostumando a sair fora da sua zona de conforto.

    A Pisa Trekking tem ótimas opções de viagens de um dia. Veja aqui as sugestões.