Praias

O que fazer na Região de Prumirim Ubatuba SP

Ubatuba é um dos destinos mais procurados do litoral norte paulista, com suas praias exuberantes, ilhas e cachoeiras que destacam nos postais brasileiros.

É impossível visitar e não ficar com aquele gostinho de quero mais. Por isso separei algumas dicas por região para você degustar Ubatuba por partes. 

Apenas 243 km da capital e 19 km do centro de Ubatuba encontramos a região do Prumirim que esta inserida na costa norte, lindíssima em suas belezas com diversas opções de passeios para todos os gostos e para fugir da rotina tradicional de passeios a praia.

Entre as diversas opções além de praia encontramos cachoeira, lagoa com  água doce  própria para banho, Ilha do prumirim, mirante e aldeia Indígena.

A estrutura comercial da região é composta de pousadas fácil acesso pela rodovia, e mais abaixo próximo a praia tem opções como camping, quiosques e  estacionamento com diversas opções de preços.

Praia do Prumirim e sua extensão

Cachoeira do Prumirim e seus poços

A Cachoeira do Prumirim está localizada a 19 km do centro da cidade, no km 30 à margem da rodovia Rio-Santos, e é realmente uma das mais belas cachoeiras de Ubatuba e de fácil acesso.

Ela se forma em meio à Mata Atlântica,  e vem descendo pela Serra do Mar, criando várias quedas d´água, e formando os três principais poços na área de visitação.

Em meio a laje de pedra, tem pequenos poços, onde é possível desfrutar de hidromassagem natural. Em alguns você fica sentado, em outros consegue encaixar todo o corpo.

Ilha do Prumirim

A ilha do Prumirim é formada por uma única praia de areias brancas e calmas, convidativas para um mergulho ou simplesmente relaxar apreciando a vista das praias da região e da imponente serra do mar.

Com apenas uma máscara, snorkel e colete flutuador você pode descobrir uma atividade relaxante enquanto conhece a rica fauna e flora marinha, em segurança e com auxílio de guia especializado.

Canoa caiçara dos pescadores da ilha

Aldeia Boa Vista

Prumirim além de suas belezas também abriga uma das riquezas culturais de Ubatuba, na mesma região lado da serra do mar atravessando a rodovia rodeada de mata atlântica fundamental para a sobrevivência da tribo o acesso a  Aldeia boa vista é de terra até a antiga escolinha indígena, dali através de uma trilha pela mata chega-se a Aldeia, lugar  para fazer uma imersão cultural, eu particularmente me encantei com a recepção e pude interagir com a tradição guarani.

Apesar de ser uma das mais tradicionais aldeias indígenas, os guaranis se adaptaram as novas tecnologias. Muitos possuem rádio, televisão e até celular, mas mantem suas tradições.

Nossa visita foi em uma época de festividade em comemoração ao dia do Índio um dos períodos do ano que  a aldeia abre as portas para o público onde são partilhadas apresentações culturais como dança e lutas, venda e exposição de artesanatos, roda de saberes e kenê (pintura de corpo) e culinária local

Roda de Saberes Ancestrais
Kenê ( pintura de corpo)
Carambolas colhidas na trilha de acesso a Aldeia

Lagoa do Prumirim

O acesso a Lagoa de água doce correndo direto para o mar é através da praia ou por trás  do um grande condomínio na praia do Prumirim.  

 No final da rua que dá acesso à praia. Do estacionamento para a praia, é só fazer uma curta caminhada de mata que dá acesso a lagoa onde foi gravado o polêmico filme Turistas. Ao lado fica o  quiosque Cantinho da Lagoa, que é sensacional porções, sucos a preço justo, opções como passeios como stand up paddle são uma boa pedida, ótima opção para deixar as crianças a vontade na areia nas margens de sua extensão a lagoa costuma ter o nível  água a altura do joelho.

Curiosidades

Prumirim é um nome indígena, e também “batiza” um completo conjunto geográfico.

conjunto esse composto de mata atlântica, praia, cachoeira e a própria aldeia e seu povo que batizada com nome da região.

Consultora de negócios imobiliários | Blogueira | Mochileira

2 Comentários

  • Pedro Hirochi Toyota

    Ficou um trabalho perfeito, lindas fotos, conteúdo de grande valor turístico e cultural que desconhecia, o que faltava para o turismo reagir ao pós pandemia ou até mesmo durante, seguindo as regras sanitárias. Muito bem elaborado. Parabéns!!

    • Eliane Gonsalves

      Obrigada Pedro, com certeza a inspiração e o incentivo ao turismo não pode definhar mesmo nesta fase tão difícil mas passageira em nosso planeta terra tão lindo e com imensos lugares para explorar começando pelo nosso lindíssimo BRASIL.
      gratidão pelo comentário é de grande incentivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: